Ação com limite

Ação com limite


A sociedade brasileira redefine seus Planos Estaduais e Municipais de Educação para os próximos dez anos. Neles está o esforço de estabelecer a inclusão social para construir uma sociedade onde todas as pessoas sejam respeitadas. Significa que existem limites que não podem ser desrespeitados, porque tais ações provocam reações e descontroles emocionais indesejáveis.

Na dimensão das diversidades está a “ideologia de gênero”, uma expressão pouco conhecida pela maioria das pessoas. As famílias e educadores têm que ser informados sobre seu conteúdo e não ficar apenas no âmbito restrito dos legisladores. Esse é o motivo da realização de uma Audiência Pública, no dia dezessete de agosto, em Uberaba, evento aberto para todas as pessoas do Município.

A verdadeira e honesta educação é muito importante para o desenvolvimento sustentável de qualquer país. Elogiamos a todas as pessoas que estão realmente preocupadas com uma escola de qualidade e que seja capaz de formar pessoas com verdadeira consciência crítica, construindo uma sociedade cada vez mais moderna e comprometida com a identidade real dos cidadãos.

O mundo escolar, na “pós-modernidade”, deve ser um ensinamento novo, mas feito com autenticidade, limites e exigências éticas, sem afetar o direito de educar próprio dos pais. Os ensinamentos de Jesus Cristo foram também novos, mas sempre respeitando a identidade das pessoas e não concordando com atitudes contra o mandamento do amor.

Diante da ação de Deus, a humanidade deve dar a sua participação no aperfeiçoamento da natureza, na formação das pessoas e construção da dignidade. Os cristãos são vocacionados para isso, agindo em conformidade com os ensinamentos de Cristo e numa vida regida por valores que vem do alto, tendo como suporte o amor para com seu semelhante.

Os pensamentos das pessoas às vezes são conflitantes, mas o amor deve estar acima de qualquer rivalidade, porque isto significa respeito e valorização das diferenças. Também tem que ser ensinado nos Centros Educacionais, nas Escolas, provocando a superação das mesquinharias, dos egoísmos, do indiferentismo e das ações interesseiras, totalmente despreocupadas com o bem comum.


Dom Paulo Mendes Peixoto
Arcebispo de Uberaba.

deixe um comentário