Celebração da Palavra de Deus

Celebração da Palavra de Deus


Canto:
Símbolos: 
Vela, semente, fermento, mel, farinha, pão, aliança, sal, água.

Dirigente: Abrindo a Bíblia, estamos abrindo um dos livros mais lidos de toda a história da humanidade.Em todas as épocas da história, sobretudo em épocas de crise como a nossa, voltamos a alimentar-nos da Bíblia. Tudo nela tem a ver com Deus e a nossa vida. A fé nos diz que a Bíblia é a Palavra de Deus para nós. “Não só de pão vive o homem, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus” (Mt 4, 4).
Todos/as: “Tua Palavra, Senhor, é um facho a iluminar os meus passos, uma luz a guiar-me nos caminhos da vida” (Sl 119, 105).
Dirigente: A Bíblia surgiu da vida do povo. Nela retrata o esforço e a experiência de ser fiel a Deus. A Palavra de Deus vem misturada com as lutas e alegrias, os sofrimentos, as conquistas, os desafios de nossas famílias e comunidades.Vamos nos reunir em grupos por desenho (símbolo) e refletir: O que o símbolo nos fala da vida e da Palavra de Deus?(Após, partilhar no grande grupo em forma de uma frase)
Canto:
Dirigente: A Bíblia retrata a presença de Deus em meio à história de seu povo. É reflexão amadurecida, sobre a vida, o mundo, o futuro, as maravilhas de Deus que caminha com a humanidade.
Leitor/a 1: É memória dos sofrimentos e libertação, com altos e baixos, paradas e retrocessos. Por ser memória nascida ao longo da caminhada, a Bíblia ajudou a iluminar o caminho e manter viva a esperança do povo.
Dirigente: É preciso procurar ler a Bíblia com os olhos de Jesus. Resultará uma leitura profética, mística, de quem está voltado para o Pai e para os irmãos e irmãs.Vamos nos colocar em atitude de escuta com todo o nosso ser, para ouvir as palavras sábias da Bíblia.
Canto: 
Leitor/a da Palavra: Leitura do Evangelho escrito por Lucas: Lc 24, 13-35.(Minutos de silêncio para interiorizar a Palavra ouvida).
Dirigente: Por vizinhança, em pequenos grupos, vamos partilhar a Palavra:- Tomar consciência da presença de Deus através das palavras ouvidas. O Espírito Santo nos envolve com sua luz.- Partilhar contando o texto.- Escolher uma frase que mais tocou.- Partilhar as atitudes de Jesus.- Responder: O que Deus quer nos falar através do texto? O que nós gostaríamos de dizer a Deus?
Canto:
Dirigente: Os discípulos de Emaús esquentam o coração com as palavras de Jesus. “Não estava o nosso coração ardendo quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?” (Lc 24, 32).
Leitor/a 2: A catequese tem valorizado muito nestes últimos anos a Bíblia. Ela passou a ser o livro por excelência. Por isso, pedimos a Deus que nos ajude a vivenciar sua palavra como força, coragem em nossa caminhada, rezando o Sl 119.
Lado A: Faze-me entender o caminho dos teus preceitos, e eu meditarei sobre tuas maravilhas.
Lado B: Ensina-me a cumprir a tua vontade para observá-la de todo o coração.
Lado A: Eis que eu desejo teus preceitos; dá-me vida, pela tua justiça.
Lado B: Javé, que o teu amor venha até mim, e a tua salvação, conforme a tua promessa.
Lado A: Minha porção, Javé, eu o digo, é observar as tuas palavras.
Lado B: Como é doce ao meu paladar a tua promessa, é mais do que o mel em minha boca.
Todos: Tua palavra é lâmpada para os meus pés, e luz para o meu caminho.
Lado A: Tu és o meu refúgio e o meu escudo, eu espero pela tua palavra.
Lado B: A descoberta das tuas palavras ilumina, e traz discernimento aos simples.
Canto: Tua Palavra é lâmpada
Dirigente: Vamos juntos expressar em forma de oração nossos sentimentos com relação à Palavra de Deus.


(Irmã Marlene Bertoldi)

deixe um comentário