Celebração de Natal 3

Celebração de Natal
Ele está no meio de nós 


Canto: O tempo vai passando sutilmente de repente a gente lembra que o Natal já vai chegar./ É preciso parar, é preciso lembrar que Cristo veio para nos salvar.Animador(a): Irmãos e irmãs sejam todos bem-vindos. Que a paz e alegria estejam em nosso meio. Queremos preparar nossa vida para o Senhor que vai chegar. Cristo Salvador nasceu para nós. A esperança se faz criança.

Todos(as): “Quando se completou o tempo previsto, Deus mandou seu Filho, nascido de mulher…” (Gl 4, 4)

Leitor(a) 1:  Deus viu e ouviu o sofrimento do seu povo e por amor enviou ao mundo o seu Filho, Jesus de Nazaré.

T: “De fato, Deus amou tanto o mundo, que deu seu Filho único… para nos salvar”. (Jo 3, 16).

L 2: O que Deus quer, acima de tudo, é a nossa felicidade, a nossa salvação. Para isso, ele vai até o extremo do amor, entregando o seu Filho, que se faz um de nós.

T: “O Verbo se fez carne e veio morar entre nós” (Jo 1, 14).

A: O Natal é uma festa muito esperada. As famílias se reúnem, parentes se encontram, as crianças ficam felizes…

L 3:  Mas, o que é Natal? Quase que o verdadeiro motivo da festa foi esquecido. Festa do nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo. O Filho de Deus se faz um de nós.

T: “Eu anuncio para vocês a Boa Notícia, que será uma grande alegria para todo o povo. Nasceu para vocês, um Salvador, que é o Messias, o Senhor” (Lc 2, 10-11).

L 4: Deus entra na história dos homens para fazer dela uma história de salvação, de vida, de paz, de justiça, de fraternidade.

T: Ele vem para assumir o Reino, e neste Reino “eleva os humildes, os famintos enche de bens. Seu nome é Santo e sua misericórdia chega aos que o temem” (Lc 2, 53. 49-50).

Canto: Virá o dia em que todos/ ao levantar a vista,/ veremos nesta terra/ reinar a liberdade. (bis) 

1. Minh’alma engrandece o Deus libertador,/ se alegra o meu espírito em Deus, meu Salvador./ Pois ele se lembrou do seu povo oprimido/ e fez da sua serva a Mãe dos esquecidos.

A: Trazemos as quatro velas que lembram os protagonistas da visita de Deus ao seu povo através de seu Filho Encarnado.

(Em procissão trazer uma vela por vez e colocá-la junto à imagem do Menino Jesus).

L 5: No meio do povo há aqueles que tem maior sensibilidade para perceber a presença e a ação de Deus na história. Isaías foi o profeta que anunciou o nascimento de um Filho da dinastia de Davi, com o nome de Emanuel, isto é, “Deus conosco”.

T: “A jovem concebeu e dará à luz um Filho e o chamará pelo nome de Emanuel” (Is 7, 14).

L 6: João Batista é a voz que grita no deserto. Anuncia a vinda do Messias e prepara o caminho, pregando ao povo a conversão.

T: “Convertam-se. Preparem o caminho do Senhor” (Mt 3, 2-3).

L 7: Maria vive a experiência da gravidez. Ela é a mãe de Jesus. Sem a participação dela, Deus não teria realizado o seu plano de se fazer um de nós.

Todos: Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. “Bendita é entre as mulheres, e é bendito o fruto de teu ventre” (Lc 1, 42).

L 8: O Filho de Deus vem como dom do Pai, mas precisa da aceitação, da opção e da adesão de cada um de nós.

T: “Eis que você vai ficar grávida terá um filho, e dará a ele o nome de Jesus. Ele será grande, e será chamado Filho do Altíssimo. Ele reinará para sempre. E o seu Reino não terá fim” (Lc 1, 31-33).

Canto: 1. Senhor, vem salvar teu povo, das trevas da escuridão! / Só tu és nossa esperança, és nossa libertação!

Vem, Senhor, vem nos salvar! Com teu povo vem caminhar! (bis)

2. Tu marchas à nossa frente, és força, caminho e luz. Vem logo salvar teu povo, não tardes, Senhor Jesus!

A: Pela encarnação, Deus se faz um no meio de nós. Jesus assumiu em tudo a vida humana, menos no pecado. Nasceu em circunstâncias muito humanas, sem milagres ou privilégios. Maria e José não encontraram tudo fácil, encontraram portas fechadas, mas eles acolhem com alegria o milagre da vida.

L 9: Leitura do Evangelho escrito por Lucas 2, 1-7.

Pequena reflexão:

  1. O que Deus quer nos falar, hoje através deste texto lido?
  2. O que nós gostaríamos de dizer a Deus a partir do texto, trazendo presente a nossa vida, nossa comunidade? 

Canto: /:Natal é vida que nasce!/ Natal é Cristo que vem! Nós somos o seu presépio,/ e a nossa casa é Belém!/:

  1.    Deus se tornou nossa grande esperança./ E como criança no mundo nasceu./ Por isso vamos abrir nossa porta;/ a Cristo o que importa é conosco viver.

2. Ele assumiu nossa vida terrena,/ Ao céu nos acena com gestos de amor./ Veio a todos salvar igualmente./ Queria ser somente nosso Pastor. 

Passando de mão em mão a imagem do Menino Deus vamos bendizê-lo e louvá-lo com as nossas palavras: Ex: Obrigada, Senhor, pela tua encarnação. Nós te louvamos por tua imensa bondade.

Canto: 1. Hoje é dia da gente se encontrar/ Hoje é dia da gente resolver/

O Senhor no mundo quer morar/ O que é que vamos responder?

É Natal! É Natal!/ O menino Jesus já nasceu!/

É Natal! É Natal!/ E no meio de nós quer viver.

deixe um comentário