Celebração Natalina 5

Deixe-nos guiar pela Luz do Senhor
(Is, 2,5)


Animador(a): A vinda do Filho de Deus à terra é um acontecimento de tal imensidão que Deus quis prepará-lo durante séculos.

Todos(as): “Jesus é a luz verdadeira que ilumina todo homem” (Jo 1, 9).

A: Celebrar a solenidade da luz é deixar-se iluminar pelo único verdadeiro sol da justiça, Jesus Cristo, a fim de levar sua luz a todos os que estão nas trevas e nas sombras da morte.

T: O Senhor é minha luz e salvação

A: Vamos rezar o salmo 27 que nos traz presente que o Senhor é luz de nossa vida e que Ele é a revelação do amor na humanidade.

T: O Senhor é minha luz e salvação.

LADO A: O Senhor é minha luz e minha salvação; de quem eu terei medo?

LADO B: O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu tremerei?

LADO A: Ao Senhor eu peço apenas uma coisa, e é isto que eu desejo: habitar no santuário do Senhor por toda a vida.

LADO B: Para saborear a suavidade do Senhor e contemplá-lo no seu templo.

LADO A: Sei que a bondade do Senhor eu ei de ver na terra dos viventes.

LADO B: Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor.

T: O Senhor é minha luz e salvação.

A: Jesus presente em nossa vida como luz, permite a vivência da paz que se traduz em harmonia, ordem, saúde, segurança, felicidade.

T: A paz como expressão da luz só acontece onde há verdadeira comunhão com Deus e com os irmãos

Leitor(a) 1: Cristo sendo luz em nossa vida nos faz praticar obras de justiça e de amor.

L 2: Isaías nos indica que o “povo que andava nas trevas viu uma grande luz, e uma luz brilhou para os que habitavam um país tenebroso” (Is 9, 1).

A: Em um mundo onde se vive o medo, a insegurança por causa da fome, do desabrigo, da corrupção… somos convidados a iluminar com o nosso testemunho, o príncipe da paz.

L 3: Jesus é anunciado como aquele que conduz nossos passos no caminho da paz (Lc 1, 79).

Canto: A noite se iluminou,/ o céu se vestiu de luz,/ os anjos cantaram glória,/ quando nasceu Jesus

  1. Eu quero ver tua estrela no céu/ iluminando o caminho do bem./ Eu quero ver todo o povo sorrindo/ e junto seguindo a lição de Belém.
  2. Eu quero ver os pastores chegando, pra visitar o Menino Jesus./ Eu quero ver todo povo sorrindo/ e junto seguindo a mensagem da luz.
  3. Eu quero ver os reis magos chegando/ e humildemente adorando o Senhor./ Eu quero ver todo povo sorrindo/ e junto seguindo a mensagem do amor.

A: Vamos acender nossas velas para acolher a Palavra, que ilumina nossos passos e corações para receber Jesus que assume a carne humana para nos dizer que Ele é presente-presença do Pai.

Canto: /:Pela Palavra de Deus, saberemos por onde andar! Ela é luz e verdade, precisamos acreditar:/

1. Cristo me chama. Ele é Pastor, sabe meu nome; fala, Senhor!

L 4: Leitura do Evangelho escrito por Lucas 2, 9-16.

A: “A glória do Senhor os envolveu em luz”

Vamos dois a dois recordar o texto e dizer: Que tipo de luz queremos ser para vivenciar verdadeiramente o discipulado de Jesus.

Canto: 1. Chegou a hora de sonhar de novo,/ de tornar-se povo e se fazer irmão. Chegou a hora que ligeiro passa/ de ganhar a graça para a conversão. Meu caro irmão, olha pra dentro do teu coração, vê se o natal se tornou conversão e te ensinou a viver… (bis)

2. Chegou a hora de viver o Cristo/ e acreditar que isto é se tornar maior. Chegou a hora de pensar profundo/ e perceber que o mundo pode ser melhor.

3. Será difícil tantas mãos unidas/ não fazer da vida um tempo igual. Será difícil tanto amor e afeto/ não tornar concreto o gesto do natal.

A: O cântico de Zacarias nos diz que Jesus é a luz que ilumina os caminhos da humanidade, conduzindo-a em direção à liberdade e à vida que Deus projetou para todos.

T: “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel porque visitou e redimiu o seu povo.

LADO A: Fez aparecer uma força de salvação na casa de Davi, seu servo;

LADO B: conforme tinha anunciado desde outrora pela boca de seus santos profetas.

LADO A: É a salvação que nos livra de nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam…

LADO B: Ele realizou a misericórdia que teve com nossos pais, recordando sua santa aliança…

LADO A: E a você, menino, chamarão profeta do altíssimo, porque irá a frente do Senhor, para preparar-lhe os caminhos…

LADO B: Graças ao misericordioso coração do nosso Deus o sol que nasce do alto nos visitará.

LADO A: Para iluminar os que vivem nas trevas e na sombra da morte.

LADO B: Para guiar nossos passos no caminho da paz”. (cf. Lc 1, 68-79)

A: Celebremos com alegria a vinda da nossa salvação. Celebremos com festa porque aquele que o céu não pode conter está reclinado numa manjedoura. Na criança frágil vemos a luz que brilha e nos faz pensar que outro mundo será possível.

Canto: Natal é vida que nasce!/ Natal é Cristo que vem! Nós somos o seu presépio,/ e a nossa casa é Belém

  1. Deus se tornou nossa grande esperança./ E como criança no mundo nasceu./ Por isso vamos abrir nossa porta;/ a Cristo o que importa é conosco viver.
  2. Ele assumiu nossa vida terrena,/ Ao céu nos acena com gestos de amor./ Veio a todos salvar igualmente./ Queria ser somente nosso Pastor.
  3. Deus infinito aos homens se iguala./ A todos só fala palavras de paz./ Quer ser o nosso irmão mais fraterno./ Do seu reino eterno herdeiros nos faz.

deixe um comentário