Celebração para a Semana da Família

Celebração para a Semana da Família


1. MOTIVAÇÃO INICIAL
Animador: Sejam bem vindos irmãos e irmãs, para celebrar o domingo, dia do Senhor, quando louvamos e bendizemos a Deus pelas maravilhas realizadas em todo ser humano e na criação. A Liturgia deste domingo conscientiza os discípulos de Jesus e a todos nós para ser sinal de contradição numa sociedade que, muitas vezes, privilegia valores contrários ao Reino de Deus. Iniciamos
a Semana Nacional da Família com o tema “MISERICÓRDIA NA FAMÍLIA: DOM E MISSÃO”.

Lembramos de modo especial os nossos pais, e que nossas famílias se constituam numa Igreja Doméstica missionária. Contemplando o Pai misericordioso, iniciemos nossa celebração, cantando:

Canto:

2. ACOLHIDA

3. RECORDAÇÃO DA VIDA (sentados)
Dirig.: Celebrar é tornar memorável este momento de nossa vida. Trazemos para o altar os fatos, acontecimentos, pessoas que marcaram nossa vida pessoal e comunitária. Com Cristo queremos iluminar esses fatos para, na fé, celebrar nossa vida e em especial a vida de nossas Famílias. (Fazer memória dos fatos específicos da comunidade)
No final canta-se o refrão:
//: Ilumina, ilumina nossos pais, nossos filhos e filhas.
Ilumina, ilumina cada passo de nossas famílias ://

4. ATO PENITENCIAL
Dirig.: A Igreja, povo de Deus, é Sacramento, sinal da Família Divina. A família, Igreja doméstica, é Sacramento do Amor da comunidade trinitária. Ela é berço para se criar a civilização do amor. No entanto, quando a família vive fora do plano de Deus ocorre a desvalorização da pessoa, um relacionamento inseguro e o desamor. Peçamos o perdão de Deus pelas famílias cristãs que não vivem o casamento conforme o plano amoroso do nosso Pai.

Pai: Senhor nosso Deus, vós criastes o homem e a mulher para serem seus colaboradores na obra da criação. A Sagrada Família é o modelo da família cristã. Perdão, por não assumir nosso compromisso do Sacramento do Matrimônio. Perdão pelas nossas omissões como marido, pai, deixando de colaborar para que a Família seja lugar de comunhão.

Canto: Misericórdia, Senhor, misericórdia. Misericórdia.

Mãe: Cristo, filho de Deus, veio nos revelar a vida de amor da Família Divina. A mãe, a esposa, revela o rosto feminino de Deus e colabora para que a família faça a experiência da comunhão nova e original revelada pela graça de Jesus Cristo. Perdão pelas vezes que não somos presença de uma vida comunitária na família e deixamos de ser Igreja Doméstica Missionária.

Filho(a): Nós, os filhos, mediante o amor, o respeito, a obediência aos pais contribuímos para a construção de uma família autenticamente humana e cristã. Nós filhos queremos ser a presença de Jesus de Nazaré, para celebrar a fé, conforme nossos pais nos ensinam a realizar o encontro com Jesus Cristo. Perdão por não assumirmos nosso lugar na família como filhos de Deus.

Canto: Misericórdia, Senhor, misericórdia. Misericórdia.

Família: Perdão, Senhor, pelas nossas negligências não assumindo a formação permanente da Pessoa, omitindo-nos na Renovação da Família e deixando de transformar a sociedade.

Canto: Misericórdia, Senhor, misericórdia. Misericórdia.

Dirig.: Deus, rico em misericórdia tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e pelos caminhos do amor nos conduza à vida eterna. Amém.

5. HINO DE LOUVOR

6. ORAÇÃO

7. ANTES DAS LEITURAS (sentados)
Anim.: A Palavra de Deus, como o fogo, aquece nossas mentes e coração para vivermos como discípulos missionários e para anunciarmos os valores do Reino de Deus que, muitas vezes, são contrários aos valores do mundo.

8. PRIMEIRA LEITURA (Jr, 38,4-6.8-10)

9. SALMO RESPONSORIAL (SL 39)

10. SEGUNDA LEITURA (Hb, 12,1-4)

11. ACLAMAÇÃO

12. EVANGELHO (Lc 12, 49-53)

13. HOMILIA

14. PROFISSÃO DE FÉ

15. RENOVAÇÃO DO COMPROMISSO MATRIMONIAL
Renovação do compromisso do Sacramento do Matrimônio (as famílias presentes ficam em pé, pais, mães, filhos de mãos dadas)

Dirig.: Queridos pais, mães e filhos. O Documento de Aparecida menciona a família como um dos lugares de formação para os discípulos missionários. Ela é a primeira escola da fé, formadora de valores humanos e cristãos (DA).
A família é imagem de Deus, Sacramento da Trindade no mundo. “É uma aliança de pessoas à qual se chega por vocação amorosa do Pai que convida os esposos a uma “íntima comunidade de vida e de amor” (Gs 46), cujo modelo é o amor de Cristo por sua Igreja (cf Puebla 582). Na abertura da Semana da Família eu os convido a renovarem o compromisso matrimonial:

Vocês estão dispostos a fazer da família o lugar do encontro com a pessoa de Jesus que se fez conosco Aliança de Amor, consagra a vida do casal, fundamenta-a pela PALAVRA que se faz diálogo entre o pai, a mãe e os filhos?
R.: Sim, estamos dispostos com a graça de Deus.

Vocês querem eliminar toda a mágoa, indiferença, mal entendidos que acontecem na família pelo PERDÃO fundamentado no amor e de forma ilimitada?
R.: Sim, queremos, com a graça de Deus.

Vocês aceitam solidificar a união de vocês por meio da TERNURA, CARINHO, gestos e atitudes que se fazem presentes no dia a dia da vida familiar?
R.: Sim, aceitamos, com a graça de Deus.

Vocês se comprometem a viver uma espiritualidade pascal, vida de ORAÇÃO por meio da leitura orante da Palavra de Deus, dos Sacramentos e por meio do trabalho missionário da família que se evangeliza, para evangelizar toda a sociedade?
R.: Sim, nos comprometemos, com a graça de Deus.

Dirig.: Deus Pai, fonte da vida e do amor vos guarde durante todos os dias de vossas vidas. Nas aflições seja o vosso consolo. Na prosperidade, a vossa assistência. E conserve os vossos lares na abundância de suas bênçãos. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.

Canto:
Abençoa, Senhor, as famílias, amém.
Abençoa, Senhor, a minha também.

16. ORAÇÃO DA ASSEMBLÉIA
Dirig.: Irmãos e irmãs, a Palavra que ouvimos e meditamos se faz oração. Apresentemos a Deus, nosso Pai, as nossas preces.

1. Senhor, que a Igreja, Sacramento da família Trinitária, revele para nossa sociedade o sentido da vida, a crença no amor e alimente a esperança nas pessoas, para construírem novas relações sociais fundadas nos valores humanos e cristãos, rezemos,
R.: Senhor, atendei a nossa prece!

2. Senhor, olhai para nossos pastores, nossos pais na fé, o papa Francisco, nosso Arcebispo D. Airton José, com os bispos, padres, diáconos que se colocam a serviço do povo e da construção do Vosso Reino. Rezemos.

3. Senhor, nós vos bendizemos pelos trabalhos da Pastoral Familiar, pela ação evangelizadora nas famílias, a fim de que vivam como Igreja Doméstica em permanente missão, rezemos.

4. Senhor, dai a todos nós o sentido da família formada por um pai, uma mãe e filhos, imagem do amor da Família Divina que assim nos criou para fazermos do mundo uma grande família. Rezemos.
5. Senhor, nós vos agradecemos pela presença de nossos pais; lembramos dos pais que passam por dificuldades, dos que se encontram abatidos e sem esperanças, a fim de que encontrem em nossas comunidades o apoio e amizade, a gratuidade de nossas orações. Rezemos.

6. Senhor, que nestes dias da Semana Nacional da Família, façamos a experiência, de modo especial, de assumirmos nosso compromisso familiar. Ajudai-nos, Senhor, a partilhar os bens que nos foram confiados, de modo especial neste Ano da Misericórdia. Rezemos.

Dirig.: Ó Deus, Pai querido, acolhei os dons que concedestes à vossa Igreja e que ela agora vos oferece pela ação missionária e oração do povo aqui reunido que vos louva e agradece como vossos filhos. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

18. PREPARAÇÃO DAS OFERTAS

19. AÇÃO DE GRAÇAS ou CANTO DA LOUVAÇÃO

20. COMUNHÃO

21. ORAÇÃO PÓS COMUNHÃO
Dirig.: Ó Deus, recebemos com amor vossa Palavra de vida e verdade, tantos dons e tantos frutos para nosso bem. Abençoai e santificai nossas famílias, nossa comunidade paroquial, para que deem testemunho do vosso amor no mundo. Por Cristo nosso Senhor.

Todos: Amém.

22. BÊNÇÃO

23. CANTO FINAL