Enceramento do Congresso de Animação Bíblica da Pastoral

Celebração de Enceramento do Congresso
de Animação Bíblica da Pastoral 

Goiânia 08 a 11 de setembro de 2011 / Tema:  “Palavra como mel em minha boca”.


Preparar o espaço.

Criar um ambiente leve, lindo, celebrativo. Lugar para colocar  o Livro da Palavra e as duas velas. Espaço para os frascos com o mel.

Animador: Motivar os congressistas sobre a importância deste momento de celebração do enceramento do 1º Congresso Brasileiro de Animação Bíblica da Pastoral. Sinalizar para um marco histórico na vida da Igreja no Brasil. Sintonia e continuidade com as Diretrizes que falam com insistência sobre a Casa da Palavra de Deus e o lugar da Palavra de Deus na pastoral e na vida da comunidade.  A comunidade vive da Palavra de Deus. A Palavra de Deus é presença de Jesus…

Canto sobre a Palavra:

Rito de acolher o livro da Palavra de Deus: (Uma pessoa entra com o Livro da Palavra de Deus (com beleza e leveza) ladeado com duas velas. Coloca o Livro e as velas num lugar de destaque).

Animador: Estamos encerrando o 1º Congresso Brasileiro de Animação Bíblica da Pastoral.  Seus frutos vão produzir uma nova dinâmica na animação da pastoral. A Palavra de Deus será lida, anunciada, proclamada e vivida nas comunidades e em toda animação pastoral. O que  fala a Palavra de Deus para nós?

Diversas vozes, com voz de proclamação: (Fazer as frases em pequenos papéis e distribuí-los…para que sejam proclamados com voz forte…)

1. “Lâmpada para os meus pés é Tua Palavra e luz para o meu caminho (Sl 119, 105)

Refrão: Tua palavra é lâmpada para meus pés, Senhor… luz para o meu caminho.. 

2. Como a chuva e a neve que caem do céu para lá não voltam sem antes molhar a terra e fazê-la germinar e brotar, a fim de produzir semente para quem planta o alimento para quem come, assim também acontece com a minha Palavra: Ela sai da minha boca e para mim não volta sem produzir seu resultado, sem fazer o que planejei, sem cumprir com sucesso a minha missão.  (Is 55, 10-11)

Canto: É como a chuva que lava, é como o fogo que abrasa… 

3. Saiu o semeador a semear a sua semente.  A semente é a Palavra de Deus. O que caiu na terra boa são os que ouvem a Palavra de Deus com coração reto e bom, retem-na e dão frutos pela perseverança (Lc 8,5 e Lc 8,11)

Canto: Põe a semente na terra não será em vão… 

4. E a Palavra se fez carne e veio morar entre nós. (Jo 1,14)

Canto: Perto de nós está tua palavra… 

5. E a Palavra do Senhor crescia e se espalhava cada vez mais (At 12,24)

Canto: Nós amamos a Bíblia sagrada… 

6. O que era desde o princípio, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida, nós vos anunciamos. (1Jo 1,1-4)

Canto: Que arda como brasa, tua palavra nos renove, esta chama que a boca proclama! 

7. As Sagradas Escrituras têm o poder de comunicar a sabedoria que conduz à salvação pela fé no Cristo Jesus. Ela é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça. (2Tm 3,14-17).

Canto: Toda a Bíblia é comunicação de um Deus amor…

Animador: Vamos deixar a Palavra de Deus falar:

Leitor: Ler do  Livro da Palavra com expressão: Heb 4,12.

Animador: A Palavra de Deus será mais viva e eficaz se contar com a nossa colaboração. No encerramento deste Congresso que compromissos vamos assumir?

(Com gesto de estender a mão direita para o Livro da Palavra, uma pessoa por regional lê, numa frase, um compromisso que já preparou anteriormente no grupo).

Animador: Recordemos a palavra de Bento XVI na Verbum Domini:

– “É preciso que tudo na Igreja parta da Palavra de Deus, nela se inspire e se fundamente, dela se alimente e por ela se deixe avaliar” (VD 73).

– E ainda como o profeta Ezequiel: “Filho do homem, falou-me, come o rolo que aqui está, e, em seguida vai falar à casa de Israel. Abri a boca, e ele me fez engolir. Filho do homem, falou-me, nutre o teu corpo, enche o teu estômago como o rolo que te dou. Então comi, e era doce na boca, como o mel” (Ez 3,1-3).

– E ele me disse; “Toma e devora-o. Ele te será amargo nas entranhas, mas na boca, doce como mel”. (Ap 10,9-10).

– Com as palavras do Papa,  do Profeta Ezequiel e do Apocalipse, o Livro da Palavra de Deus vai passar no meio de assembléia e cada um/a recebe um fraco com mel como símbolo do compromisso deste congresso: Sair animado, envolvido, imbuído da Palavra de Deus e fazer da Animação Bíblica um mel que dá gosto, que é gostoso de engolir, que faz bem para a saúde e assim melar Animação Bíblica na Pastoral, nas famílias, nas comunidades, na liturgia, na iniciação à vida cristã… e em cada pessoa.

(Enquanto a Palavra caminha e o mel é distribuído, pode-se cantar)

Bênção final:

– “A Palavra de Cristo permaneça entre vós em toda sua riqueza, de sorte que com toda a sabedoria vos possais instruir e exortar mutuamente” (Cl 3,16).

Todos: Amém

– “Orai por nós, para que a Palavra do Senhor se propague e seja estimulada, tal como acontece entre vós” (2Tes 3,1).

Todos: Amém

– “Mas a Palavra de Deus, não se deixa acorrentar” (2Tm 2,9).

Todos: Amém

– “Porque toda carne é como a erva e toda a sua glória como a flor, mas a Palavra do Senhor permanece eternamente” ( Is 40,6).

Todos: Amém

Canto de envio

deixe um comentário