Mãos de Mãe

Mãos de Mãe


Material: folhas brancas (A 4), canetas, pincel atômico ou giz de cera para todos, tesouras, fundo musical.

1- A dinâmica visa refletir sobre as mãos detectando as atitudes e sentimentos que elas expressam.

2 – Preparar o ambiente de acordo com o objetivo do encontro (flores, figuras de mães, mãos … ).

3 – Participantes sentados em forma circular (nas cadeiras ou no chão).

4 – Recebem o material e motivados pelo catequista, cada participante desenha duas mãos (pode ser o contorno das suas mãos com fundo musical).

5 – Em continuidade, o catequista estimula a curiosidade, levando-os a imaginar aquelas mãos como sendo as de suas mães.

6 – Iniciar uma conversação, perguntando: O que são as mãos para você? O que pode expressar com elas? Que atitudes e sentimentos expressam as mãos de sua mãe?

7- Cada um escreve dentro das mãos o que pensou, em formas de palavras.

8 – Partilhar a experiência, expondo oralmente o que escreveu.

9 – Recortar o desenho das mãos. Criar um símbolo com todas as mãos desenhadas, colando-as num papelógrafo, expressando os sentimentos vivenciados com a dinâmica.

10- De pé, ao redor do símbolo, motivá-Ios para preces espontâneas. 

Sugere-se que após cada prece repita-se o refrão “Mãe Maria, quão sublime são seus toques de afeto e de nossas mães também,” ou Mãe Maria, segure-me em suas mãos, nos momentos de dificuldade. Ou ainda: Minha mãe, que Deus a abençoe sempre. 


Onélia Docina Martins

deixe um comentário