Pai Nosso de todos os Dias

Pai Nosso de todos os Dias


 Pai nosso que estais no céu,

O Senhor é muito grande,

Mas gosta mais dos pequeninos.

 

Santificado seja o vosso nome!

Que a nossa vida seja glória para vós!

 

Venha a nós o vosso Reino,

Onde todas e todos vão ter o necessário

para uma vida digna.

Aonde as crianças não vão mais trabalhar,

feito gente grande,

Ninguém vai morrer de fome,

Nem viver abandonado pelas ruas…

Onde não vai haver mais guerra, nem violências…

Onde todo mundo vai brincar feito criança.

Onde a festa, um dia, nunca mais vai acabar!

 

Seja feita a vossa vontade,

Assim na terra como no céu.

Todas e todos vão viver o lindo mandamento de Jesus:

“Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei!”.

E a terra vai virar um céu.

 

O pão nosso de cada dia nos dai hoje,

E o povo seja bem irmão,

Para ninguém tomar o pão da outra e do outro. 

   

Perdoai as nossas ofensas,

Assim como nós perdoamos a quem nos ofendeu.

Cada um tem suas falhas.

Todo mundo vai perdoar o outro e a outra.

Ninguém vai ficar intrigado e nem se vingar.

Se não a gente vai ficar desunido e fraco.

 

E não nos deixeis cair em tentação. Mas livrai-nos do mal

de só pensar em nós mesmos,

De querer ser mais do que o outro,

De querer ter mais do que os outros.

De ir na onda do comércio, da televisão e do consumismo.

De ter medo de lutar pelos direitos de todos.

De não querer repartir,

De não saber viver como irmãos e irmãs

Filhos e filhas do mesmo Deus Pai-Mãe.  


Amém. (Autor  desconhecido)

deixe um comentário